segunda-feira, 1 de abril de 2013

Cuba é minha prisão: o testemunho proibido sobre o massacre da ditadura



Baseada na crônica testemunhal e contundente de Winston Smith, pseudônimo do autor inspirado no personagem de George Orwell do livro 1984, preferiu não revelar sua identidade temendo perseguição a seus familiares, a obra apresenta o contexto histórico e atual do cenário político, econômico e social. Essa obra mais parece uma carta de pedido de ajuda diante do desespero de um povo que vive como prisioneiro dentro de um sistema autoritário e manipulador que perdura há décadas e está longe de acabar. Este livro foi publicado não por uma questão meramente política, mas sim como um profetismo em defesa dos diretos humanos, da liberdade e da dignidade da pessoa.  


Ficha técnica

Autor: Winston Smith
Editora: Ave-Maria
Tradutor: José Joaquim Sobral
I.S.B.N.: 978-85-276-1434-4
Formato: 14x21cm
Páginas: 332
Ano: 2013



Diferentemente de outros escritores, que saíram de Cuba para relatar o acontecido, Winston vive hoje em Cuba e usa este nome para proteger não sua integridade, mas de sua família. 

Um comentário:

Jô Oliveira disse...

Valeu a dica, vou procurar na livraria amanhã mesmo!