segunda-feira, 18 de março de 2013

Na Argentina, ateus superam número de católicos praticantes

O país conta com a maior comunidade judaica da América Latina

O Estado de S.Paulo


Segundo pesquisas realizadas em 2009 e 2011, 76% dos argentinos foram originalmente batizados católicos, mas apenas 6% destes se declaram efetivamente religiosos praticantes. O número é inferior ao de ateus, que, de acordo com os levantamentos, representam atualmente 11,3% da população do país.
A totalidade das igrejas evangélicas na Argentina não reúne mais de 10% da população, mas, ao contrário dos católicos, este grupo é formado quase que integralmente por praticantes. Mas, por enquanto, os evangélicos argentinos não possuem uma bancada que os represente no Parlamento, nem sequer contam com redes de televisão.
O país conta com a maior comunidade judaica da América Latina - calculada entre 300 mil e 500 mil pessoas -, além de uma numerosa presença muçulmana (estimada em 500 mil pessoas) nas províncias do norte e noroeste. 

Nenhum comentário: