quinta-feira, 14 de março de 2013

3 anos para digitalizar a Biblioteca do Vaticano


O Vaticano está digitalizando a sua biblioteca de 90 mil manuscritos históricos e 8.900 incunábulos, totalizando mais de 40 milhões de páginas, graças a uma doação de 2,8 petabytes (1 PB equivale 1.000.000.000.000.000 Bytes) de espaço de armazenamento da EMC, empresa especializada em armazenamento de informações de segurança e dados. 

 A Biblioteca do Vaticano é uma das mais antigas do mundo, e esta iniciativa tornará os documentos históricos facilmente acessíveis para pesquisa através da Internet. Para as obras valiosas como os da Biblioteca do Vaticano, quaisquer medidas para preservação são significativas, pois os suportes físicos continuam a se deteriorar com o tempo. A previsão inicial para a digitalização é de três anos, mas nem EMC nem o Vaticano deram detalhes do projeto.

Nenhum comentário: