sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

Estima-se que, em 2012, 105.000 cristãos morreram por sua fé



O sociólogo Massimo Introvigne, coordenador do Observatório da Liberdade Religiosa, na Itália, disse que as estimativas é de que em 2012 morreram por 105.000 cristãos do mundo, ou seja, uma morte a cada 5 minutos ¨. Falando à Rádio Vaticano, o especialista disse que as proporções são assustadoras. 

As áreas de risco são muitas, podem ser identificadas basicamente três principais países onde há uma forte presença de fundamentalismo islâmico, Nigéria, Somália, Mali, Paquistão e partes do Egito, ainda existem países comunistas totalitários, liderados pela Coreia do Norte, e aqueles onde há o nacionalismo étnico como o estado de Orissa, na Índia. 

Há, por outro lado, os países onde a liberdade religiosa é severamente limitada, incluindo  Nigéria, China, Tunísia, Líbia e Egito, onde a população cristã copta (que compõe 10% da população total) e suas igrejas foram atacadas nos últimos meses, caso da Nigéria é semelhante à do Egito, de que grupos fundamentalistas islâmicos que operam no Norte.

Fonte: Aica

Nenhum comentário: