segunda-feira, 28 de maio de 2012

Graphic Novel I Killed Adolf Hitler vai ganhar versão cinematográfica


Timo Vuorensola, diretor de "Iron Sky", comanda o filme.


Kíssila Machado | Cinema com Rapadura

A onda das adaptações de quadrinhos para o cinema parece não ter data para acabar. De acordo com o site de cinema Twitch Films, a graphic novel “I Killed Adolf Hitler” será a próxima a ganhar uma versão cinematográfica, que terá direção do finandês Timo Vuorensola (do inédito no Brasil “Iron Sky”).

A HQ se passa num mundo distópico em que assassinos de aluguel são contratados para eliminar qualquer coisa: pragas, parentes problemáticos, chefes abusivos, vizinhos barulhentos e todo tipo de perturbações. Um assassino é contratado para o trabalho peculiar de voltar ao passado e matar Adolf Hitler em 1939, mas as coisas acontecem de forma espetacularmente erradas. Hitler derrota o assassino e se envia para o presente, deixando o outro homem preso no passado. O assassino então espera o passar dos anos até alcançar sua época e, agora muito mais velha, se une a sua namorada (agora muito mais jovem) para localizar o ditador e completar o serviço para o qual foi contratado.

Vencedora do maior prêmio dos quadrinhos, o Eisner Award, em 2008, a graphic novel é de autoria do norueguês John Arne, que assina suas obras com o pseudônimo Jason. Vuorensola, diretor da adaptação, ficou conhecido no início deste ano por dirigir o curioso “Iron Sky”, uma comédia/sci-fi que mostra os nazistas montando base na lua após o fim da II Guerra e planejando por 70 anos sua dominação mundial para finalmente atacar em 2018. O longa ainda não estreou no Brasil.

A produção de “I Killed Adolf Hitler” começa no próximo ano.

Nenhum comentário: