domingo, 5 de fevereiro de 2012

Filmes iranianos

Favorito ao Oscar de Filme Estrangeiro 2012, “A separação” revela uma sociedade moderna aprisionada num pesadelo medieval.

por Felipe Atxa | Mídia@Mais



Há dois excelentes exemplos do atual cinema iraniano disponíveis ao público brasileiro. “A separação”, um drama realista e claustrofóbico, pode ser visto nos cinemas. Confira o trailer abaixo:


http://www.youtube.com/watch?v=Dlt6-aDWAVI


Procurando Elly” é ainda melhor, embora traga temas e atores em comum: um quase suspense em que verdade e mentira, conveniência e dever, família e indivíduo, confrontam-se numa escalada quase intolerável. O filme está disponível em DVD:


http://www.youtube.com/watch?v=2rXke8RBRcM


Esqueçam os antigos filmes iranianos com crianças engraçadinhas e paisagens meio indiferentes. Filmes como estes conseguem retratar com implacável crueza o caldeirão de tensões do Irã atual, e parecem capturar, acima de relatórios de inteligência ou reportagens protocolares, o espírito do tempo referente a tal país e sua gente.

O Irã desse cinema é um território em conflito interno permanente, que não precisa de ameaças externas para trabalhar em estado de guerra. A impressão que fica para os olhos de quem vê de fora é uma sociedade prestes a desmoronar, em sua crônica incapacidade de equacionar valores e forças muitas vezes contraditórios: justiça, burocracia, autoridade clerical, feminino, masculino, fé e convenção. Assista antes que proíbam.


Nenhum comentário: