quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

Ecletismo editorial

Pagou muito mal para a Igreja Católica da Alemanha e divulgação, em outubro, de uma informação que poucos fiéis sabiam: a de que a maior empresa de mídia do país, a Weltbild ("Cosmovisão"), pertence a ela. Acontece que a publicadora distribui material pornográfico e tem nada menos que 2,5 mil livros eróticos em seu catálogo. Com faturamento de 1,7 bilhão de euros (cerca de R$ 4 bilhões) anuais, a Weltbild distribui lucos às dioceses alemãs, o que escandalizou muitos católicos. A Igreja Católica alemã possui ainda 50% da editora Droemer Knaur, que também imprime material pornográfico e até livros budistas.

Fonte: Cristianismo Hoje
Imagem: Internet

Nenhum comentário: