segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Ano-Novo Judaico, o 5772

David Iasnogrodski / Jornal do Comércio


Neste setembro de 2011 serão iniciadas as comemorações do ano de 5772 para os seguidores do judaísmo. Quando aparecer a primeira estrela na noite de 28 de setembro (quarta-feira) e durante os dias 29 e 30 deste mês, os judeus de todo o universo e seus descendentes estarão celebrando, junto às sinagogas, a chegada do novo ano judaico. Os serviços litúrgicos nas sinagogas são mais longos do que os realizados por ocasião da espera do Shabat (sábado). Iniciam-se nos primeiros horários da manhã e vão até o final da tarde. É utilizado um livro de orações especial, denominado de Machzor. Estes dias de celebrações não são apenas ocasiões de alegria, mas dias dedicados a orações. O “Rosh Hashaná” é também denominado “Yom Hazicaron” (Dia da Memória), quando todas as criaturas são julgadas pelo Criador de acordo com seus méritos.


A seriedade e a solenidade que marcam estas comemorações do “Rosh Hashaná” (em hebraico significando cabeça do ano) assumem na vida de cada indivíduo judeu uma expressão muito importante: são os dias temíveis – “Iamim Noraim” em hebraico.


Estes dias decorrem desde a chegada do novo ano até o Dia do Perdão – “Yom Kipur” – neste ano de 2011 se inicia no entardecer de 7 de outubro – sexta-feira - com a reza intitulada Kol Nidrei, e durante todo o dia 8 de outubro. Estes dias são considerados de ampla penitência e de grandes orações. Nas orações, a paz universal (Shalom, na língua hebraica) faz parte integrante do ritual litúrgico. O Rosh Hashaná é o dia do julgamento. Em Porto Alegre as sinagogas estarão de portas abertas, para receber integrantes da comunidade judaica e amigos. Nestas comemorações do ano-novo (Rosh Hashaná) e do Dia do Perdão (Yom Kipur) soa o toque do “shofar” (instrumento confeccionado com o chifre de um carneiro), que possui o seguinte significado: “os adormecidos devem despertar e questionar suas ações e arrependimentos” – Maimônides. O shofar é tocado enquanto são realizadas as orações. O cumprimento mais tradicional entre as pessoas, para estas solenidades, é “Shaná Tová” – significando literalmente Bom Ano.

Nenhum comentário: