domingo, 24 de julho de 2011

Judeu compra diários de Mengele e planeja fundar museu nos EUA

Os diários do médico nazista Josef Mengele, conhecido como "Anjo da Morte", foram vendidos por cerca de US$ 300 mil a um judeu ortodoxo que pretende criar nos Estados Unidos um museu sobre o Holocausto, informou nesta sexta-feira a casa de leilões responsável pela venda.

Autor de experiências macabras com judeus e ciganos em Auschwitz, Mengele escreveu os diários entre 1960 e 1975, após conseguir escapar da Alemanha e fugir das forças aliadas ao término da Segunda Guerra Mundial. Ele se refugiou em vários países latino-americanos antes de se instalar no Brasil, onde morreu em 1979.

Andreas Kornfeld, diretor da casa de leilões, disse à Agência Efe que o preço final pelo qual os diários foram vendidos na quinta-feira foi de US$ 292.775, e que o comprador é um judeu ortodoxo.

O novo proprietário planeja agora abrir um museu com o material que pertenceu ao criminoso de guerra nazista e outros itens da coleção de documentos do Holocausto que possui.

"Ele está arrecadando fundos para alugar o espaço no qual quer abrir o museu", afirmou Kornfeld, acrescentando que os diários de Mengele foram colocados à venda "por uma empresa americana".

Os cadernos do médico nazista, que morreu afogado aos 67 anos em uma praia de Bertioga (SP), contêm desenhos, reflexões autobiográficas e filosóficas, assim como poesias, segundo a firma de leilões.

Fonte: Terra

Nenhum comentário: