terça-feira, 28 de junho de 2011

O Porco Fedorento de batom


Vejam esta imagem:

Duas organizações gays de Barcelona resolveram promover uma festa em apoio a seus colegas cubanos e fizeram o cartaz que se vê acima. Aconteceu no ano passado. Pois bem. Em Cuba, a luta contra o preconceito, acreditem, também foi estatizada. Está sob o comando do Centro Nacional de Educação Sexual (Cenasex). Quem dirige o órgão? Mariela Castro, filha do ditador Raúl Castro, o anão homicida. O objetivo da festa era justamente arrecadar recursos para o tal Cenasex.

Mas quê… Mariela — que chegou a promover um show de gays e transformistas no teatro Karl Marx, em Havana, no dia 5 deste mês — enviou uma carta às entidades espanholas em que afirmou:
“O Cenasex deseja deixar claro que não tem nenhum vinculo com essas organizações espanholas e rechaça veementemente o uso degradante da imagem de Ernesto Che Guevara, imortalizada pelo fotógrafo Alberto Korda”.

Nada de brincadeira com Che! E muitos dos nossos “progressistas” devem concordar. Já com santo católico, aí tudo bem! Abaixo, seguem duas imagens dos “tarados por santinhos”. Deixo aqui uma sugestão aos gay-paradistas: na próxima, metam batom no Porco Fedorento! No caso dele, seria certamente um traço de humanidade, ainda que falso!



Por Reinaldo Azevedo

+ Dom Odilo protestou, sim, contra vilipêndio, mas ainda é pouco! Cadê a CNBB?

Nenhum comentário: