quarta-feira, 4 de maio de 2011

Acordo palestino é golpe contra a paz, diz Netanyahu

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, condenou nesta quarta-feira o acordo de unidade entre as facções palestinas Hamas e Fatah, que para ele representa "um grande golpe contra a paz."

O Fatah, grupo laico que defende uma paz negociada com Israel, e o Hamas, facção islâmica que prega a destruição do Estado judeu, selaram o pacto no Egito, encerrando quatro anos de divergências.

- O que aconteceu hoje (quarta-feira) no Cairo é um tremendo golpe contra a paz e uma grande vitória para o terrorismo - disse Netanyahu a jornalistas durante visita a Londres.

- A única forma de fazermos a paz é com nossos vizinhos que desejam a paz. Os que querem nos eliminar, que praticam o terror contra nós, não são parceiros para a paz - acrescentou.

Fonte: O Globo

Nenhum comentário: