segunda-feira, 4 de abril de 2011

Era uma vez um homem de Arafat: a história real de como um atirador de elite da OLP encontrou uma nova vida


Escrito por Tass Saada e Dean Mierrill

Todos os homens são iguais perante Deus, independente de confissão religiosa ou ideologia política, divergências que, ao longo das décadas, têm feito milhares e milhares de vítimas ao redor do mundo, especialmente no Oriente Médio, onde árabes e judeus travam uma batalha infinita que nada de significativo acrescenta às suas vidas. Pelo contrário, somente os fazem caminhar a passos largos para a destruição de suas próprias raças. Tass Saada, autor de Era Uma Vez Um Homem de Arafat, foi um dos árabes a quem ensinaram a odiar e exterminar com os judeus, a fazer parte da Organização para a Libertação da Palestina (OLP), movimento encabeçado por Yasser Arafat. Foi, até conhecer Jesus Cristo e experimentar uma verdadeira transformação em sua vida. De sua provável morte se fez vida, da indiferença se fez amizade, e da desilusão se fez esperança; esperança de um mundo de paz, de união e de fraternidade entre as nações.

Este livro é muito mais do que a história de um dos muitos palestinos que se refugiam na América, mas sobre o triunfo do amor sobre o ódio, de maneira a despertar o mesmo sentimento em cada um, sentimento este que só é possível por meio da mensagem que o Senhor deixou: "Ame o próximo como a si mesmo."


Distribuição: Holy Bible

Leia o prímeiro capítulo

Nenhum comentário: