quarta-feira, 13 de abril de 2011

Bate-papo com Jorge Zaverucha aborda seu livro “Armadilha em Gaza”, em SP

No livro “Armadilha em Gaza – Fundamentalismo Islâmico e Guerra de Propaganda contra Israel”, o cientista político Jorge Zaverucha mostra que, longe de levar ajuda humanitária a Gaza, como seus organizadores alegaram, a chamada “Flotilha da Paz” nada mais foi que uma inteligente operação midiática com o objetivo de isolar Israel da comunidade internacional e fragilizá-lo politicamente.

No Espaço Saber da Hebraica-SP, o jornalista Jaime Spitzcovsky, diretor de Relações Institucionais da Conib, receberá Jorge Zaverucha para um bate-papo, no próximo domingo, dia 17. Haverá coquetel e sessão de autógrafos.

“O Espaço Saber foi criado na Hebraica há um ano e meio, com o objetivo de trocar conhecimento e trazer pessoas que agreguem valor à comunidade judaica. Aberto aos não judeus, ele é também uma forma de ampliar a discussão de temas culturais no clube”, disse Jayme Nigri, diretor do espaço, que é subordinado ao Departamento Cultural do clube, chefiado por Mauro Nahaissi.

Armadilha em Gaza”, publicado pela Geração Editorial, tem prefácio de João Pereira Coutinho, colunista da Folha de S. Paulo, e traz uma tradução da Carta do Hamas, feita diretamente do árabe. Jorge Zaverucha, mestre em Ciência Política pela Universidade Hebraica de Jerusalém e doutor em Ciência Política pela Universidade de Chicago, dirige o Núcleo de Estudos de Instituições Coercitivas e de Criminalidade da Universidade Federal de Pernambuco.

O evento, gratuito e aberto ao público, ocorrerá às 17 horas, na sala Plenária da Hebraica, Rua Hungria, 1.000.

Jorge Zaverucha, durante lançamento do livro "Armadilha em Gaza", em São Paulo. Foto: Eliana Assumpção.



Fonte: Conib

Nenhum comentário: