quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Prefeitura de SP sediará exposição sobre o Holocausto

Estimular a educação e a tolerância. Este é o objetivo da exposição “Holocausto Nunca Mais”, que será aberta no dia 14 de março no saguão de entrada da Prefeitura de São Paulo, no Viaduto do Chá. A iniciativa é do vereador Floriano Pesaro (PSDB), em parceria com a Federação Israelita do Estado de São Paulo (Fisesp) e a Sherit Hapleitá do Brasil (Associação de Sobreviventes do Nazismo).

A exposição é composta por 52 painéis com fotos, textos e documentos que retratam os campos de concentração nazistas durante a Segunda Guerra Mundial. As fotos, que fazem parte dos arquivos da Sherit Hapleitá, mostram a ascensão do nazismo ao poder, a “vida” nos campos de concentração e guetos durante a Segunda Guerra Mundial, bem como as atrocidades cometidas pelos nazistas.

“A memória é parte integrante da identidade do povo judeu e elemento fundamental de sua continuidade. A memória é o que pode salvar a humanidade. Esta exposição, na sede do Executivo municipal, localizado no coração de São Paulo, tem esse papel: de alertar e de não deixar esquecer”, ressaltou o vereador Floriano Pesaro, autor da Lei 15.059, que instituiu no calendário oficial da cidade o dia 27 de janeiro como o Dia em Memória às Vitimas do Holocausto.

Para Ben Abraham, presidente da Sherit Hapleitá e sobrevivente de Auschwitz, as pessoas devem sempre “aprender com o passado, para viver o presente e enfrentar o futuro com cabeça erguida”. “Cabe aos jovens este trágico legado, para que nunca se permita que o Holocausto aconteça de novo”, afirmou.

A exposição ficará em cartaz de 14 de março a 1º de abril, de segunda a sexta-feira, horário comercial.

Fonte: Conib

Nenhum comentário: