sábado, 4 de dezembro de 2010

A teologia e a saga dos super-heróis: valores e crenças apresentados e representados no gibi


Artigo escrito por Iuri Andréas Reblin para o Protestantismo em Revista

Este texto apresenta as possibilidades de análises teológicas das histórias em quadrinhos, em especial, dos super-heróis. A partir do diálogo entre teologia e literatura e do conceito de herói enquanto arquétipo atinente ao ser humano, ele introduz como perspectivas de análise: a presença de elementos religiosos na narrativa; na origem do super-herói (o personagem) e a existência de elementos mitológicos e religiosos ancorados no sentido do heroísmo e nos valores que o abrangem. O texto conclui que as histórias em quadrinhos são janelas da realidade e janelas para uma outra realidade e elas são mais que um mero entretenimento: as histórias em quadrinhos são a possibilidade do ser humano conhecer mais sobre si mesmo, seus valores (religiosos e não religiosos) suas angústias, suas esperanças e sua busca por um lugar no mundo.

Clique aqui para o texto completo [pdf / 9 p.]
Imagem: Internet

Nenhum comentário: