quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Mike Tyson admite que estava drogado quando mordeu orelha de Holyfield

O estadunidense Mike Tyson admitiu em entrevista ao jornal The Guardian que estava drogado quando mordeu a orelha de Evander Holyfield, em luta histórica que aconteceu em 1997.

"Foram as drogas. Só pensava nas drogas. Eu pensava que era Deus, me sentia como Deus. Mas o que é feito, feito está. Eu não pensava no boxe quando o mordi. O boxe não me preocupava. Foi muito ruim o que eu fiz. Agi como louco", afirmou Tyson.

A mordida acontecu em duelo que valia o título dos pesos pesados pela Associação Mundial de Boxes, em 28 de julho de 1997, em Las Vegas. A luta marcou a derrocada de Tyson, que teve uma carreira com 50 vitórias (44 por nocaute) e apenas seis derrotas.

A entrevista ao The Guardian ainda traz um desabafo de Tyson sobre a sua vida. "Minha vida inteira foi uma mentira. Quem sou eu? Me sinto incomodado quando as pessoas me adoram e me querem. Me sinto sujo", afirmou.

Fonte: ESPN

Nenhum comentário: