quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Estudo revela que Portugal é dos países mais receptivos ao Islã

Maioria dos portugueses não conhece nenhum muçulmano, mas diz não ter razões para os temer.


Portugal é dos países que mais bem recebe os muçulmanos na Europa e cujos habitantes têm uma visão mais positiva dos praticantes do Islã, revela um estudo levado a cabo pela Universidade de Munique.

Em praticamente todas as áreas de análise, Portugal é o país que fica mais bem visto em termos de integração e ausência de preconceitos.

Por exemplo, os portugueses são os que mais consideram que o Islã tem lugar no mundo ocidental - 36% respondem favoravelmente, bem acima dos 20% de alemães de leste que consideram o mesmo.

Os portugueses são também os que têm menor imagem negativa dos muçulmanos de todos os países sondados, abaixo dos 34%. Tanto a Alemanha ocidental como oriental registam valores acima dos 50%.

Vinte por centos dos portugueses têm uma imagem negativa dos judeus e cerca de 16% em relação a hindus e budistas.

No que diz respeito ao apoio à construção de mesquitas e de minaretes, um assunto que tem estado na ordem do dia a nível internacional, os portugueses são também os mais abertos. Mais de 73% vêem com bons olhos a construção de mesquitas. Para os minaretes, os números descem para os 53,4%, mas ainda assim são os mais altos dos países inquiridos.

Curiosamente, os portugueses são também os que revelam conhecer menos muçulmanos. Mais de 74% afirmam que não conhecem nenhum, com menos de 15% a afirmar que conhecem muitos ou poucos.

No plano mais geral, e embora pareça contraditório, 52% dos portugueses inquiridos considera que o pluralismo religioso constitui uma ameaça, mas mais de 81% considera que constitui também uma fonte de enriquecimento cultural.

O estudo analisou as atitudes de habitantes de cinco países: Portugal, França, Dinamarca, Holanda e Alemanha (dividida entre leste e ocidente).

Fonte: Renascença - Portugal

Nenhum comentário: