terça-feira, 14 de dezembro de 2010

De Gutemberg ao Twitter

A Bíblia ainda é o livro mais vendido no mundo, e o Brasil é maior produtor mundial

Leidiane Montfort

Ao longo dos anos, a SBB vem ampliando o universo de suas publicações para os segmentos mais inusitados

Com traduções inesgotáveis e plataformas de divulgação diferenciadas as escrituras consideradas sagradas pelos cristãos, tentam alcançar maior compreensão de seus leitores por meio de recursos digitais e explicações infinitas. Mas, a tarefa, definitivamente, não é das mais fáceis. Hoje, no segundo domingo de dezembro, evangélicos em todo o mundo refletem sobre o assunto.

Em Mato Grosso, o presidente do diretório regional da Sociedade Bíblica do Brasil (SBB), pastor Edvaldo Moreira explica que nesse ano, a reflexão será sobre o tema "Biblia na Família". "Acreditamos que nunca foi tão necessário enfrentar o problema que se mostra como o maior na sociedade brasileira: a crise familiar. A Bíblia tem a saída para essa crise".

Leitura - Ler e entender a Bíblia sozinho é possível, garante Edvaldo. "Há traduções menos eruditas, que podem ser compreendidas por todos, independente da familiaridade com o texto. Cito, o lançamento da Biblia Nova Tradução na linguagem de hoje, da SBB que apresenta uma linguagem bem mais acessível". No entanto, Edvaldo acredita que líderes religiosos podem auxiliar nesse processo.

Por onde começar? São muitas as possibilidades, explica o representante da SBB. Mas, o pastor sugere o Novo Testamento (N.T), como marco inicial, já que ali estão as promessas que se cumpriram, descritas no Antigo Testamento (A.T). "Para ser mais específico, o livro de Romanos é um bom início já que foi escritos para os habitantes de Roma, com linguagem mais latina e é extremamente explicativo".

História - O Dia da Bíblia no segundo domingo de dezembro é uma data comemorada pelos evangélicos, já que para católicos o por sugestão de São Jerônimo, o dia é 30 de setembro. A data surgiu em 1549, na Grã-Bretanha, quando o Bispo Cranmer, incluiu no livro de orações do Rei Eduardo VI um dia especial para que a população intercedesse em favor da leitura do Livro Sagrado. A data escolhida foi o segundo domingo do Advento - celebrado nos quatro domingos que antecedem o Natal.

Números - São em milhares de línguas e dialetos que estão transcritas as palavras da Bíblia, o que equivale a 50% das línguas faladas no mundo. Mais de 500 milhões de livros isolados já foram comercializados. Afirmam ainda que a cada minuto 50 Bíblias são vendidas, perfazendo um total diário de aproximadamente 72 mil exemplares. A Bíblia é composta de 66 livros (73 para católicos).

Um capítulo por dia

Você já leu a Bíblia inteira? Muitas pessoas acreditam que o ponto de partida para ler a Bíblia toda é o seu início, ou seja, o livro de Gênesis. No entanto, a Bíblia é um conjunto de livros que podem ser lidos em uma ordem variada. O site da Sociedade Bíblica do Brasil disponibiliza para downloads de programas para leitura inteira em um ano.

Mas, para os menos disciplinados e que querem acompanhar as Sagradas Escrituras em versão mais resumida, um britânico teve uma ideia bem inusitada, mas que tem causado alvoroço. Chris Juby, webdesigner de Durham, no norte da Inglaterra, resolveu resumir todos os capítulos do livro sagrado no Twitter, respeitando o limite de 140 caracteres. "Um tweet por capítulo, um capítulo por dia", diz a descrição do perfil.

O perfil @biblesummary foi inaugurado em agosto com o resumo do primeiro capítulo do livro de Gênesis: "Deus criou os céus, a Terra e tudo o que nela vive. Ele criou a humanidade à Sua semelhança e lhe deu o domínio sobre a Terra". Pelas contas do twitteiro, a missão de resumir os 1.189 capítulos do Antigo e do Novo Testamento levará mais de três anos para ser concluída. Se conseguir se ater ao planejado, Juby calcula que toda a Bíblia estará no Twitter até o dia 8 de novembro de 2013.

Metamorfose ambulante

Ao longo de séculos, as escrituras consideradas sagradas pelos cristãos contaram com diversas plataformas e materiais para leitura e divulgação. Veja algumas:

* Pedra: Inscrições encontradas no Egito e Babilônia datados de 850 aC

* Argila e Cerâmica: Milhares de tabletes encontrados na Ásia e Babilônia.

* Madeira: Usada por muitos séculos pelos gregos.

* Couro: O AT possivelmente foi escrito em couro. Os rolos tinham entre 26 a 70 cm de altura.

* Papiro: O NT provavelmente foi escrito sobre este material, feito de fibras vegetais prensadas.

* Velino ou Pergaminho: Velino era preparado originalmente com a pele de bezerro ou antílope, enquanto o pergaminho era de pele de ovelhas e cabras. Quase todos os manuscritos conhecidos são em velino, largamente usado a centenas de anos antes de Cristo.

* Gutemberg: Até a invenção da gráfica por Gutenberg, a Bíblia era um livro extremamente raro e caro, pois eram todos feitos artesanalmente (manuscritos) e poucos tinham acesso às Escrituras.

* Papel: Forma amplamente utilizada hoje.

* CD: Áudio com narrações. Destaque para Cid Moreira.

* CD - Room & On - line: Para computadores, facilita a visualização dos textos bíblicos porque proporciona o acompanhamento e acesso a conteúdo e imagens em 3D, interatividade, mapas, etc.

Fonte: Gazeta Digital

Nenhum comentário: