quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Casais que adiam sexo têm relacionamentos melhores

A chave da questão parece estar na capacidade de comunicação que esses casais desenvolvem, reforçando o relacionamento a longo prazo. [Imagem: Muramasa/Wikimedia]

Só depois do casamento

Embora ainda haja casais que aguardam até terem um nível mais profundo de compromisso antes de ter relações sexuais, hoje é muito mais comum que duas pessoas explorem sua compatibilidade sexual antes de fazer planos a longo prazo em conjunto.

Então, dentre essas duas possibilidades, será que alguma leva a casamentos melhores e mais duradouros?

A abordagem "à moda antiga" parece ter melhores resultados a longo prazo, segundo um estudo que acaba de ser publicado no Journal of Family Psychology.

Benefícios do sexo depois do casamento

O estudo envolveu 2.035 indivíduos casados que participaram de uma avaliação online do casamento chamada Relate.

A partir do banco de dados da avaliação, os pesquisadores selecionaram uma amostra representativa da população do país como um todo - o estudo foi feito nos Estados Unidos.

O extenso questionário inclui a pergunta "Quando você fez sexo neste relacionamento?"

Uma análise estatística mostrou os seguintes benefícios usufruídos pelos casais que esperaram até o casamento para fazer sexo, em comparação com aqueles que começaram a ter relações sexuais no início de seu relacionamento:

a estabilidade das relações teve uma avaliação 22 por cento mais alta;
a satisfação com o relacionamento teve uma avaliação 20 por cento mais alta;
a qualidade sexual do relacionamento foi avaliada 15 por cento melhor;
a comunicação foi avaliada como sendo 12 por cento melhor.

Felicidade com o aspecto sexual

Para os casais no meio-termo - aqueles que se envolveram sexualmente mais tarde no relacionamento, mas antes do casamento - os benefícios também foram sentidos, mas com a metade da intensidade.

"A maioria das pesquisas sobre este tema é focado nas experiências dos indivíduos e não ao longo do tempo no relacionamento", disse o principal autor do estudo, Dean Busby.

"Há mais em um relacionamento do que sexo, mas descobrimos que aqueles que esperaram mais tempo eram mais felizes com o aspecto sexual do seu relacionamento," acrescenta Busby. "Eu acho que é porque eles aprenderam a conversar e desenvolveram as habilidades para trabalhar com as questões que surgem ao longo do tempo."

Influência da religião

Como a crença religiosa muitas vezes desempenha um papel importante para os casais que optam por adiar o sexo para depois do casamento, Busby e seus colegas controlaram os resultados para estudar a influência do envolvimento religioso em suas análises.

"Independentemente da religiosidade, esperar ajudou a formar melhores processos de comunicação no relacionamento, e estes ajudam a melhorar a estabilidade a longo prazo e a satisfação com o relacionamento", disse o pesquisador.


Fonte: Diário da Saúde

Nenhum comentário: