sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Carta de um diabo velho a seu sobrinho sobre o Natal

Por Renato Vargens

C.S.Lewis escreveu um livro cujo titulo é "Cartas, do Coisa-ruim", onde de forma inteligente e brilhante narra diálogos fictícios entre um experiente "diabão" e o seu sobrinho. No livro, um astuto demônio instrui e aconselha a um capeta menos maduro as melhores maneiras de desviar os crentes de Cristo. O livro é um clássico da literatura evangélica mundial e vale a pena ser lido por todos aqueles que amam a Deus.

Pois é, se C.S. Lewis estivesse vivo e se disposse a usar da pena para escrever mais um capitulo do seu maravilhoso livro, talvez ele escrevesse o seguinte a respeito do Natal:

"Caro sobrinho, aproveitando este período do ano quando todos se envolvem na comemoração do Natal, diga a eles que esta festa me pertence. Faça-os acreditar que esta data deve ser esquecida simplesmente pelo fato de que ela é de origem pagã. Instigue aos pastores legalistas a odiarem ao Natal. Faça-os mais místicos, superticiosos e completamente certos de que comemorar o NATAL é dar legalidade, bem como permitir a ação direta do nosso exército de maldade sobre a igreja. Ouso afirmar que quanto menos eles lembrarem da vinda do nosso inimigo, melhor. Assim poderemos disseminar os valores e conceitos do nosso pai infernal.


Prezado sobrinho, um outro e eficaz conselho é levar os crentes a se individarem e gastarem tudo quanto puderem com presentes e almoços de confraternização. Eles precisam ser convencidos que necessitam de celulares novos, de eletrodomésticos novos, de motos e carros novos. Leve-os ao individamento total, comprometa os seus salários em leasings, financimentos e CDCs. Ensine-os de forma efusiva a acreditarem que o consumismo não é pecado, faça-os gastar tudo o que tem, a ponto de que não lhe sobre dinheiro para acudir o necessitado como também investir no Reino do inimigo.

Diga a eles que o egoísmo não é pecado e que o mais importante é aproveitar a vida. Não os deixe se importarem com outras pessoas, e nem os deixe perceber isso como egoísmo.

Seu tio, Diabão."


Caro leitor, ao contrário do que muitos desejam afirmar, o Natal é um Presente de Deus à Humanidade. E este presente tem um nome: Seu nome é Jesus. Maravilhoso, Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz, Santo de Deus, Cordeiro de Deus, Autor da Vida, Senhor Deus, Todo-Poderoso, Leão da Tribo de Judá, Autor e Consumador da Fé, Advogado, o Caminho, Sol Nascente, Senhor de Todos, Eu Sou, Filho de Deus, Pastor e Bisopo das Almas, Messias, a Verdade, Salvador, Pedra Angular, Rei dos reis, Reto Juiz, Luz do Mundo, Cabeça da Igreja, Estrela da Manhã, Sol da Justiça, Senhor Jesus Cristo, Supremo Pastor, Ressurreição e Vida, Plena Salvação, Guia, O Alfa e o Omega!

Imagem: Internet

Nenhum comentário: