sábado, 13 de novembro de 2010

Amazon recolhe livro pedófilo, esquerdistas do Huffington Post lamentam


Moonbattery, 12 de novembro de 2010
Article link / Artigo original
Tradução: DEXTRA

A Amazon finalmente retirou do Kindle o The Pedophile's Guide to Love & Pleasure: A Child-Lover's Code of Conduct [O guia dos pedófilos para o amor e o prazer: um código de conduta para os amantes de crianças], de um tarado chamado Phillip R. Greaves II. A descrição do produto do autor, via Geekologie:

Esta é minha tentativa de tornar as situações pedófilas mais seguras para aqueles jovens que se encontram envolvidos nelas, estabelecendo sertas [sic] regras para esses adultos seguirem. Eu espero conseguir isto apelando para o que há de melhor nos pedosexuais, na esperança de que eles fazerem isto resultará em menos ódio e talvez sentenças mais levis [sic], caso eles um dia sejam pegos.

Parece ser um manual de instruções sobre como estuprar crianças numa boa. A reação da Amazon quando os clientes começaram a gritar indignados foi a típica santimônia esquerdista

A Amazon acredita que é censura não vender certos livros simplesmente porque nós ou outros acreditam que sua mensagem merece objeções. A Amazon não apoia ou promove o ódio ou atos criminosos; entretanto, apoiamos, sim o direito de cada indivíduo tomar suas decisões de compras.

Desde que ninguém diga nada politicamente incorreto, não há certo nem errado. Você pode achar que isto merece objeções, mas em nome da tolerância, blá, blá, blá...

Entretanto, os princípios da Amazon rapidamente, quando ficou claro que este se tornaria um pesadelo de relações públicas. O livro foi recolhdo, para alívio dos americanos decentes - e para a indignação dos escrotos que infestam o maior blog esquerdista, o The Huffington Post. Alguns comentários, reunidos por Air2air:

babybecks: A polícia do pensamento, como sempre...*


trojoe: Não gostou? Não compra. Muito simples.


indred : Se eles recolherem esse livro, pode virar um hábito em que a amazon não vai mais ser neutra e vai ter que recolher livros de que as pessoas não gostam ou com que não concordam.


The Skeptical One: A pedofilia é definida como uma 'atração' sexual por crianças, NÃO como a prática de fazer sexo com crianças. Esta é uma diferença inportante, porque você não pode controlar por quem você se atrai. Os pedófilos não são monstros que saem por aí estuprando crianças a torto e a direito, eles são seres humanos que, infelizmente, sofrem de um desejo por crianças. Eu me arriscaria a dizer que a imensa maioria dos pedófilos nunca age com base em, ou mesmo expressem sua atração sexual. É pena que seja assim, porque é possível que através de um acompanhamento psicológico as suas vidas fossem tornadas mais fáceis. Tenha em mente, entretanto, que o impulso de fazer sexo com crianças não é mal, o ATO efetivo é que é. Não existe esse negócio de mal pensamento.*


babybecks: Também tem gente pedindo a proibição de 100 outros itens, incluindo Lolita e A Cor Púrpura.


asiclilpup: Todo esse bafafá por causa da autobiografia de um empacotador de supermercado.


facepalm12: Me diz se você quer ir atrás de umas bruxas pra queimar, depois (E por bruxas eu quero dizer qualquer um que leu material que eu acho ofensivo).


babybecks: O fino da histeria...


gulopartisan: Você não pode advogar o assassinato do presidente ou encorajar a derrubada do governo, a menos que você seja um Branco Republicano como Glenn Beck, Sharon Angle, Sarah Palin, Michelle Bachman… ou um gângster sociopata como Bill O'Reilly, Sean Hannity, Michael Savage….


facepalm12: Pra que censurar esse ?


babybecks: …lê-lo vai te transformar num pedófilo? Não. Lê-lo vai te tornar um pedófilo melhor? Eu duvido. Censurá-lo vai deixar as crianças mais protegidas dos pedófilos? Ainda mais duvidoso.


asiclilpup: Isto é só a polícia da moralidade berrando e gritando por causa de algo de que não gostam. Deixa o livro em paz. 99% da população não vai ler e entre os que lerem, a imensa maioria nunca vai molestar de fato uma criança e aqueles que molestarem já iam fazer isso antes do livro.
babybecks: Não precisa gastar seu dinheiro aí se não quiser. A América não é ótima assim?


MJVs Common Sense: Desça do alto cavalo moral e pare de fingir que é maior e mais poderoso que o resto do mundo.

Até no HuffPo, vozes de sanidade puderam ser ouvidas, entre os guinchos dos comunas:


AmigaMan: Não posso acreditar que o HuffPost esteja lendo esta página. Vocês aí estão começando a me dar nojo. Que é que foi? Será que alguém pode dizer alguma coisa contra molestadores de crianças com a qual vocês não concordam? :-/


scud420: É a primeira vez em que penso nisso, mas eu realmente estou com nojo de me chamar de progressista. Se ser progressista significar defender o direito de ajudar alguém a se safar de um dos piores crimes imagináveis, pode me chamar de independente, porque eu acho que esta deveria ser a primeira exceção à vigência da primeira emenda.

Aparentemente, nem todos os progressistas têm estômago para "progredir" para o próximo estágio da "tolerância." Já se disse aqui antes que a normalização da pedofilia será a próxima jihad na guerra cultural, depois que os esquerdistas tiverem normalizado a homossexualidade a seu gosto. Você não precisa esperar para ver. Já está acontecendo.

Nota de DEXTRA: Agora, olha isso aqui, isso, isso, mais isso, isso aqui aqui também e isso aqui, e diz que a conclusão do cara não é batata?

Nenhum comentário: