sábado, 9 de outubro de 2010

Mapa mostra 25 ações de censura eleitoral

Ferramenta on-line traz atos restritivos à atuação de meios de comunicação no período

O blog "Jornalismo das Américas", do Centro Knight (Universidade do Texas), lançou um mapa interativo que reúne atos de censura a meios de comunicação ocorridos no período eleitoral.

Até agora, o "Mapa da Censura Eleitoral no Brasil" registra 25 casos. O levantamento, atualizado quando surgem novas ocorrências, pode ser acessado pelo endereço is.gd/fQ6T2.

A ferramenta localiza decisões judiciais, leis e atos governamentais que restringem a atuação de jornais, TVs, rádios, sites e blogs.

Ao clicar em um ponto no mapa, é aberto um quadro com informações sobre a proibição e links que levam a notícias sobre o fato.

Ações do tipo foram identificadas em nove Estados. A Paraíba foi a recordista, com oito atos restritivos.
A compilação mostra a proibição a rádios e TVs de fazer "trucagem ou montagem" que "degradasse ou ridicularizasse" candidatos -suspensa pelo STF.

Também relaciona a proibição de divulgação de notícias sobre investigação envolvendo o candidato à reeleição no TO, Carlos Gaguim (PMDB) -depois derrubada.

Entre ações de instituições governamentais, estão o confisco, por policiais, de 850 cópias do semanal "Impacto Campo Grande", que criticou o candidato à reeleição André Puccinelli (PMDB), e o fechamento, pela PF, de rádio pirata crítica à governadora e candidata Ana Júlia (PT), no Pará.

Em 2008, o blog divulgou mapa similar que listava 31 atos de censura.

Fonte: Folha de S. Paulo

Nenhum comentário: