domingo, 24 de outubro de 2010

Líder religioso da senadora faz campanha para Serra

Líder religioso de Marina Silva (PV), o pastor Sóstenes Apolos da Silva está engajado na campanha de José Serra (PSDB). O religioso orienta pastores a falar com os fiéis em defesa do tucano.

"As pessoas são livres para votar em quem quiserem, mas nós estamos orientando para que votem no Serra", disse ele, que preside a Convenção Evangélica da Assembleia de Deus no DF.

Sóstenes lidera 1.300 pastores no DF e nas cidades do entorno de Brasília, e foi o principal coordenador da agenda evangélica de Marina durante a campanha.

Enquanto Marina mantém a neutralidade no segundo turno, seu líder religioso faz duras críticas a Dilma: "Eu vou trabalhar até a última gota do meu suor e do meu sangue para ela [Dilma] não ser eleita", disse Sóstenes.
Segundo ele, um dos fatores que contribuiu para o apoio à Serra no segundo turno foi o conteúdo do Plano Nacional de Direitos Humanos, de autoria do governo.

"O PNDH-3 veio da Casa Civil na época em que a titular era dona Dilma. Para nós, ela está bem carimbada com a ideia do aborto. Não adianta agora assinar documento", disse o pastor em alusão à carta assinada pela petista e entregue a religiosos.

O plano causou polêmica entre evangélicos por tratar de temas como a defesa da união civil homossexual e a retirada dos símbolos religiosos de prédios públicos.

O religioso comunicou à Marina o apoio à José Serra, mas disse que a senadora não deu nenhuma opinião sobre seu posicionamento.

No Distrito Federal, a convenção presidida por Sóstenes apoia a candidatura de Agnelo Queiroz (PT) ao governo: a coligação do petista abrigou um candidato evangélico a deputado distrital.

Sóstenes gravou participação no programa do petista e disse que também aceitaria aparecer na propaganda de Serra, embora não tenha recebido convite.

"As pessoas são livres para votar, mas nós estamos orientando para que votem no Serra"



"Eu vou trabalhar até a última gota do meu suor e do meu sangue para ela [Dilma] não ser eleita"
SÓSTENES APOLOS DA SILVA


Fonte: Folha de S. Paulo - Flávia Foreque

Nenhum comentário: