segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Cuba pode libertar nove presos se aceitarem exílio

Nove presos cubanos, incluindo seis que cumprem penas por "terrorismo" desde 2003, foram informados pela autoridades de sua possível libertação, caso aceitem o exílio com as famílias na Espanha, informou uma fonte ligada à oposição.

Os nove prisioneiros não figuram no grupo de 52 presos políticos que o governo de Raúl Castro começou a liberar em julho, após um inédito diálogo com a Igreja Católica, com o apoio da Espanha.

Três dos detentos, Leudis Arce, Lázaro Avila e Francisco Reyes, foram condenados à prisão perpétua em 2003 por tentativa de sequestro de um avião comercial para desviá-lo aos Estados Unidos, segundo a ilegal mas tolerada Comissão Cubana de Direitos Humanos e Reconciliação Nacional (CCDHRN), que considera os réus prisioneiros políticos.

Fonte: AFP

Nenhum comentário: