segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Angela Merkel diz que multiculturalismo alemão fracassou

Reuters/Brasil Online - O Globo

 A tentativa da Alemanha de criar uma sociedade multicultural "fracassou completamente", disse a chanceler alemã Ângela Merkel no sábado, esquentando ainda mais os debates sobre imigração e Islã que tem dividido seu partido conservador.

Falando numa reunião de jovens membros do seu partido Democratas Cristãos (CDU), Merkel disse que permitir que pessoas de origens culturais diferentes vivam lado a lado sem integrá-las não funcionou num país que é o lar de quatro milhões de muçulmanos.

"Essa abordagem (multicultural) fracassou, fracassou completamente", disse Merkel durante encontro em Potsdam, no sul de Berlim.

Merkel está sendo pressionada pelo CDU a tomar uma posição mais dura com os imigrantes que não se mostrarem dispostos a se adaptar à sociedade alemã, e suas declarações pareciam ter a intenção de apaziguar seus críticos.

Ela disse que muito pouco havia sido exigido dos imigrantes no passado e repetiu seu discurso habitual de que eles precisam aprender alemão para poder estudar e ter melhores oportunidades no mercado de trabalho.

O debate sobre estrangeiros na Alemanha foi afetado pela publicação de um livro do ex-membro do banco central Thilo Sarrazin que acusa imigrantes muçulmanos de terem reduzido o nível de inteligência da sociedade alemã.

Sarrazin foi criticado por suas posições e retirado do Bundesbank, mas seu livro se revelou bastante popular e sondagens mostraram que a maioria dos alemães concordavam com o cerne de seus argumentos.

Merkel tem tentado acomodar os dois lados do debate, com um discurso duro em torno da integração, mas também dizendo aos alemães que eles precisam aceitar que as mesquitas se tornaram parte do cenário do país.

+ Maioria dos alemães apoia limitações para muçulmanos no país

Nenhum comentário: