sábado, 11 de setembro de 2010

Teologia é desnecessária, diz físico sobre a criação do universo

O físico mundialmente conhecido Stephen Hawking, que, em seu novo livro The Grand Design, defende a controversa ideia de que Deus não criou o universo, afirmou que teologia é desnecessária. "Deus deve existir, mas a ciência pode explicar o universo sem a necessidade de um criador", disse Hawking no programa de entrevistas Larry King Live, da CNN, na sexta-feira.
Hawking, 68 anos, que sofre de um tipo de esclerose há 45 anos e, por isso, fala apenas com a ajuda de sintetizador de voz computadorizado, diz em seu livro que, dada a existência da gravidade, o universo pode e vai se criar espontaneamente. "Criação espontânea é a razão pela qual o universo e a humanidade existem", escreveu no livro. Perguntado sobre o porquê da reação das pessoas às ideias divulgadas na obra, ele afirmou: "A ciência tem cada vez mais respondido questões que eram antes do campo da religião. A explicação científica é completa. A teologia é desnecessária". A ideia central do livro de Hawking é a Teoria-M, segundo a qual vários universos foram criados a partir do nada sem a necessidade de intervenção divina.

Fonte: Terra

Um comentário:

Lucano disse...

A cada dia eu tenho mais certeza de que, apesar do título de doutor de alguns professores, não possuem qualquer fundamento filosófico que justifique seu próprio título. Os únicos doutores são, por tradição, os filósofos e, portanto, os únicos capazes de definir o que é ou não ciência. O resto, mediocridade.