sábado, 18 de setembro de 2010

Livro pró-aborto não representa pensamento da PUC-SP, indica nota

Vicariato Episcopal para a Pastoral da Comunicação
Arquidiocese de São Paulo

O Vicariato Episcopal para a Pastoral da Comunicação da Arquidiocese de SãoPaulo emitiu nota sobre o lançamento do livro “A criminalização do aborto em questão”.

O texto destaca que o livro é patrocinado pela APROPUC (Associação dos Professores da PUC), que "não representa o pensamento da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo".

A nota também explica que o Arcebispo Metropolitano de São Paulo e Grão-Chanceler da PUC-SP, Cardeal Dom Odilo Pedro Scherer, desconhecia o lançamento e é o "primeiro interessado na não realização do lançamento de um livro pró-aborto por entidades de alguma maneira ligadas à PUC-SP".


Leia a nota na íntegra

Sobre o lançamento do livro “A criminalização do aborto em questão”, anunciado como evento a ser realizado no campus Monte Alegre da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, o Vicariato Episcopal para a Pastoral da Comunicação da Arquidiocese de SãoPaulo esclarece que:

- O livro a ser lançado não é de professor da PUC e seu lançamento, patrocinado pela APROPUC (Associação dos Professores da PUC), que tem sede e personalidade própria e independente da Pontifícia Universidade e da Fundação São Paulo, deverá acontecer na sede da APROPUC.

- A APROPUC não representa o pensamento da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. A referida Associação tem 447 associados entre 1.721 professores.

- A reitoria da Universidade não havia sido consultada a respeito da realização do lançamento anunciado e o desconhecia.

- O Cardeal Dom Odilo Pedro Scherer, Arcebispo Metropolitano de São Paulo e Grão-Chanceler da PUC-SP, igualmente desconhecia a realização do lançamento e lamenta profundamente que uma associação ligada à PUC-SP promova atos pró-aborto, contrários ao ensinamento da Igreja sobre a dignidade da vida nascente e os desaprova.

- Sobre o abaixo-assinado promovido pelo site www.fundadores.org.br, o Cardeal Scherer solicitou a este Vicariato que mantenha contato com seus administradores para esclarecer que ele é o primeiro interessado na não realização do lançamento de um livro pró-aborto por entidades de alguma maneira ligadas à PUC-SP.

- Quanto às posições da Igreja Católica a respeito do aborto, orientamos a ler uma série de artigos e manifestações do Cardeal Scherer publicadas na imprensa nos últimos anos (cf. no site www.arquidiocesedesaopaulo.org.br).


Secretaria Executiva do Vicariato Episcopal para a Pastoral da Comunicação
da Arquidiocese de São Paulo


Nenhum comentário: