segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Kim Jong-Il prestes a anunciar o seu sucessor


Enquanto a Coreia do Norte se prepara para sua maior convenção política, desde a designação oficial de Kim Jong-Il como sucessores de seu pai em 1980, são feitas especulações de que seu terceiro e mais jovem filho, Kim Jong-Un, será nomeado como futuro líder do país.

Seja quem for no poder, enfrentará uma enorme tarefa de restaurar uma economia em grande dificuldade. A reforma monetária desastrosa ocasionou muitos suicídios de pessoas que perderam suas economias de toda a vida em apenas um dia. Em pelo menos três províncias (Hamkung, Yanggang e Jagang) as pessoas estão morrendo de fome, enquanto o governo diminui e para as rações alimentares. Enquanto isso, a Coreia do Norte continua a enviar agentes secretos para a China para rastrear os refugiados. "O seu objetivo é erradicar quaisquer desertores que são vistos como um fator de desestabilização", diz Simon*, principal contato da Portas Abertas na Coreia do Norte.



Como a economia chega a um impasse, os civis protestam abertamente contra decisões governamentais, em confrontos violentos com a polícia - um fenômeno raro em um país com um sistema de segurança avançado e uma vasta rede de espiões. "Quinze anos atrás, Kim Jong-Il ainda era considerado um deus, mas todos esses anos de fome deixaram o povo desiludido", diz Simon.

A atual geração de cristãos conhece somente a perseguição. A Portas Abertas está envolvida com esses corajosos cristãos há mais de dez anos, apoiando-os com bíblias, treinamento, alimentação, ajuda prática e em oração.

Um líder da igreja expressa porque é tão importante manter as orações pela a Coreia do Norte: "Nossa organização da Igreja se fortaleceu e se desenvolveu por causa das suas orações e apoio contínuo. As conquistas e vitórias que vemos hoje são os frutos de sua fé, amor e orientação. Assim, eu prometo me dedicar com dignidade e responsabilidade de reforçar a fé na vida dos cristãos".

* Nome alterado por motivos de segurança

Por favor, ore:
• Por força, provisão e paz as centenas de milhares de cristãos clandestinos.
• Por Kim Jong-Il e seu filho Kim Jong-Un, já que uma possível transferência do poder é considerada. Ore para que eles conheçam a verdade de Deus e recebam Seu amor.
• Para que qualquer mudança de regime traga mais liberdade aos cristãos.


Fonte: Portas Abertas
Imagem: Internet

Nenhum comentário: