sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Filosofia de Gordon Gekko tornou-se um símbolo da América corporativa


"WALL STREET" ONTEM E HOJE

Conheça as principais diferenças entre o filme de 1987 e o recém-lançado

1987

"Wall Street: Poder e Cobiça"

Gordon Gekko tem vários apartamentos luxuosos

Anda de limusine, carros luxuosos e jato particular


2010

"Wall Street: o Dinheiro Nunca Dorme"

Gordon Gekko vive num apartamento alugado

Volta para casa de metrô

Gekko marca um jantar para reatar o relacionamento com a filha


Oliver Stone é responsável por dois dos personagens mais marcantes do cinema na década de 1980: Gordon Gekko, o tubarão das finanças de "Wall Street: Poder e Cobiça" (1987), e Tony Montana, o gângster cubano interpretado por Al Pacino em "Scarface" (1983), filme de Brian De Palma que Stone escreveu.

Gekko e Montana viraram "cults". No mundo do hip-hop, então, são reis.

Pergunte a qualquer rapper americano com mais de 40 anos quem são seus heróis das telas e a chance de ele citar os dois é enorme.

A famosa frase pronunciada por Gekko, "greed is good" ("a ganância é boa"), tornou-se um símbolo da América corporativa e já foi repetida em artigos de jornal e programas de televisão.

Séries da TV americanas como "The Office", "Chuck" e "White Collar" já fizeram menções ao personagem.
Em 2008, logo depois da crise financeira mundial, o então primeiro-ministro australiano, Kevin Rudd, referiu-se aos especuladores de Wall Street como "os filhos de Gordon Gekko".

E, se no primeiro "Wall Street" Gordon Gekko falava pérolas como "a ganância captura a essência do espírito evolucionário", neste novo filme ele não fica para trás.

"Vamos combinar uma coisa", ele diz a um rival. "Você pare de contar mentiras sobre mim e eu paro de contar verdades sobre você."
(ANDRÉ BARCINSKI)

Frases

"Almoço? Almoço é para os fracos!"
Quando alguém o convida para almoçar

"A ganância é boa!"
Falando a investidores

"Se alguma coisa merece ser realizada, é por dinheiro"
Sobre dinheiro

"São pessoas como eu que fazem as regras, as notícias, a guerra, a paz, a fome, as revoltas, o preço de um clipe de papel"
Sobre seu status em Wall Street

"Comprem meu livro!"
Falando a estudantes

"Se eu aprendi alguma coisa na prisão, foi que dinheiro não é a coisa mais importante na vida... O tempo é!"
Sobre dinheiro

"Perto desses tubarões de hoje, sou um amador!"
Sobre seu status em Wall Street

WALL STREET: O DINHEIRO NUNCA DORME

DIREÇÃO Oliver Stone
PRODUÇÃO EUA, 2010
COM Michael Douglas, Susan Sarandon e Shia LaBeouf
ONDE nos cines Bristol, Reserva Cultural e circuito
CLASSIFICAÇÃO 14 anos
AVALIAÇÃO ótimo

Fonte: Folha de S. Paulo

Nenhum comentário: