segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Biblioteca do Vaticano reaberta depois de três anos de reforma


A mítica Biblioteca do Vaticano, que conta com itens raros como o Códice Vaticano da Bíblia e obras originais de Virgílio, reabrirá suas portas no dia 20 de setembro depois de ser submetida a uma reforma durante três anos, anunciou a Santa Sé.

A biblioteca, construída no século XV e que contém mais de um milhão e meio de livros valiosos e 150.000 manuscritos, entre eles a Bíblia mais decorada do mundo com gravuras em ouro que chega a pesar um quilo e meio, teve que ser submetida a uma importante obra de restauração devido a problemas na estrutura.

Para modernizar uma das bibliotecas mais importantes do mundo e dotá-la de um sistema eletrônico de circulação dos livros que permite localizá-los e impedir que saiam do recinto, o Vaticano investiu 25 milhões de euros, financiados em parte pela própria biblioteca com ajuda de patrocinadores italianos e internacionais.

A Arquivista e Bibliotecário do Vaticano, cardeal Raffaele Farina, assegurou que o principal objetivo das obras de restauração foi melhorar os sistemas de segurança.

Para ter acesso à biblioteca é preciso ser um especialista em publicações, professor universitário ou estudioso que prepara um doutorado.

O próximo desafio é digitalizar os documentos. Calcula-se que serão necessários dez anos para realizar esta tarefa.

O centro de estudos costuma ser frequentado por uma média de 4.000 estudiosos por ano, alguns dos quais protestaram inclusive ante o Papa pelo prolongado fechamento.

Fonte: AFP

Nenhum comentário: