quarta-feira, 11 de agosto de 2010

"Luterinhos" invadem Wittenberg, 500 anos depois

Cerca de 800 estatuetas coloridas de Martinho Lutero estão aparecendo na cidade de Wittenberg, no leste da Alemanha, onde há quase 500 anos ele se voltou pela primeira vez contra algumas práticas da Igreja Católica, dando origem à Reforma Protestante.

As peças de plástico têm um metro de altura e vêm nas cores vermelha, verde, azul e preto. Elas são criações do artista Ottmar Hoerl, e se destinam a substituir uma estátua de Martinho Lutero que fica na praça principal da cidade, mas está em reforma.

"Minhas estatuetas de Lutero parecem com o original, exceto pelos pés", disse Hoerl à agência alemã de notícias DDP.

A instalação atraiu a ira de alguns teólogos protestantes, para quem as estatuetas zombam dos feitos de Lutero. A obra pode ser vista no site www.ottmarhoerl.de.

Em 2009, o artista já havia causado polêmica ao criar 1.250 anões de jardim com os braços estendidos numa saudação nazista.

Por Max Chrambach

Fonte: O Globo

Nenhum comentário: