terça-feira, 31 de agosto de 2010

E se Tiririca for eleito?


José Luiz Almeida Costa - O Tempo

Quem é o candidato? O personagem Tiririca ou o cidadão Francisco Everardo Oliveira Silva?

Apesar de ser candidato a deputado federal no âmbito do Estado de São Paulo, através da internet, a campanha política de Tiririca tem alcançado audiência nacional. Não pelas propostas que apresenta, mas porque quem se posta como candidato é o personagem Tiririca e não o cidadão Francisco.

Certo é que, tal qual o personagem, não é uma candidatura de mentira, até porque, se fosse, comprometeria a credibilidade de nosso sistema eleitoral. Então, por que essa candidatura chama a atenção até mesmo de cidadãos de outros Estados?

Se for eleito deputado federal, será um dos responsáveis por aprovar leis, orçamentos e projetos do governo que terão vigência em todo o território nacional. Consequentemente, poderá afetar a vida de cada brasileiro, independentemente, do Estado onde mora.

Por conta do decoro parlamentar, o personagem Tiririca será barrado de assumir um assento no Congresso Nacional e, obviamente, será substituído pelo cidadão Francisco. Mas, se observarmos no site da sua campanha publicitária eleitoral, o candidato é o Tiririca e não o cidadão Francisco. Quem vai pra rua garimpar os votos é o personagem. Despido do personagem, são poucas as pessoas que conhecem o senhor Francisco.

As propostas políticas (???) são apresentadas pelo personagem Tiririca. O mote de sua campanha é simples e impactante: "Vote Tiririca, pior que tá não fica!". Como interpretar esse slogan?

Antes, é pedagógico tecer considerações de que o personagem Tiririca é caracterizado por ter baixa inteligência e fazer dessa deficiência a sustentação de suas piadas.

Muitos palhaços são cômicos por conta de seu comportamento ingênuo. Mas não é o caso de Tiririca.

Ao afirmar que pior do que está não fica, lança no ar a insinuação para que o eleitor não tenha medo de votar nele. Que a política vai mal e não será a eleição de alguém tão pitoresco, como ele, que fará as coisas piorarem. Mas, não promete como irá melhorá-las.

Nos vídeos postados pelo personagem como candidato, afirma que desconhece as funções de um deputado federal. Perguntado sobre isso pela "Folha de S.Paulo", disse: "Como é o Tiririca, é uma piada, né, cara? `Também não sei, mas vote em mim que eu vou dizer´. Tipo assim. Eu fiz mais na piada, mais no coisa... porque é esse lance mesmo do Tiririca." Não sei se o leitor entendeu; eu, não.

A "Folha" fez então a mesma pergunta ao cidadão Francisco. Veja a resposta: "Entrei nessa, estudei para esse lance, conversei muito com a minha mãe. Eu sei que elabora as leis e faz vários projetos acontecer, né? Pra te falar a verdade, não conheço nada. Mas tando lá vou passar a conhecer."

Afinal, o candidato Tiririca zomba de todos nós? Ou será que deseja nos alertar de que nossa política, de tão ruim, não tem como ficar pior? E se Tiririca for eleito? Será a maior piada da política nacional, com certeza.

2 comentários:

Anônimo disse...

eu acho que nao
vai ser a maior piada nao porque o lula tb era analfabeto tb e foi eleito a presidente e foi bom o tiririca e uma pessoa boa ele pode consiguir alguem q ajude ele tavez faz melhor q outros por ai

Anônimo disse...

Olha eu não sei como iria ser o tiririca la mas com tantos q não fazem nada mais um num vai fazer diferença mesmo. O fato é q algo inesperado pode acontecer, confiar não é ruim. Partindo nisso muita gente vota dessa forma. Saber o q um deputado federal faz talvez seja uma boa e se assim ele o fizer e disse também o q os outros estão fazendo, talvez assim consigamos ver o q acontece e posso até levar pessoas q desconhecem política a um pequeno entendimento...