terça-feira, 20 de julho de 2010

GB: David Cameron se opõe à proibição do véu integral

O primeiro-ministro conservador britânico, David Cameron, opõe-se a uma lei que proíba o uso do véu islâmico integral, informou seu porta-voz nesta segunda-feira.

Poucos dias depois da aprovação por deputados franceses de um projeto que interdita o uso do véu islâmico integral em escritórios e espaços públicos na França - onde vive a maior comunidade muçulmana da Europa - e que entrará em vigor em 2011, um deputado do partido conservador britânico (no poder) Philip Hollobone, apresentou um dispositivo de lei semelhante.

David Cameron não se expressou publicamente a respeito, mas seu porta-voz, ouvido sobre o debate na Grã-Bretanha, declarou à imprensa: "a posição do primeiro-ministro é a de que a decisão é pessoal, e que não devemos legislar sobre o tema".

Hollobone havia dito sábado, no entanto, que se negaria a encontrar-se com cidadãs muçulmanas em sua circunscrição, se aparecerem com o rosto coberto pelo véu.

O projeto apresentado deve ser examinado em dezembro, mas não tem muitas possibilidades de ser aprovado por causa da reticência da maioria dos parlamentares em votar o uso do véu.

Fonte: AFP

Nenhum comentário: