quarta-feira, 28 de julho de 2010

Congressista pede ação dos EUA em favor da liberdade religiosa

Um importante advogado de direitos para a liberdade religiosa afirmou que a administração Obama falhou em lutar contra a crescente perseguição no exterior.

Em um discurso, o congressista Frank Wolf, do estado da Virgínia, citou a aparente indiferença dos Estados Unidos às violações dos direitos humanos no Sudão, China, Coreia do Norte, Vietnã, Iraque, Egito e Marrocos.

Ele relatou que a comunidade cristã no Iraque irá se extinguir, a menos que o governo proteja as igrejas e impeça mais ataques, como os que fizeram milhares de cristãos fugirem do país.

Frank Wolf também disse que os Estados Unidos deveriam exigir que o Egito proteja os cristãos coptas da perseguição e que o Marrocos pare de deportar cristãos norte-americanos por suposto proselitismo.

Ele afirmou que os cristãos perseguidos necessitam que a administração Obama levante sua voz em favor dos direitos humanos.

Fonte: Portas Abertas

Nenhum comentário: