terça-feira, 22 de junho de 2010

Em tréplica, Kfouri nega perseguição religiosa a Kaká

O jornalista Juca Kfouri, da Folha de S. Paulo, ESPN e CBN, rebateu as declarações dadas por Kaká e negou perseguição religiosa ao jogador. “Kaká se engana e enfiou Jesus onde Jesus não foi chamado”, escreveu Kfouri em seu blog.

O jogador da seleção brasileira, em coletiva nesta terça-feira (22/06), acusou o jornalista de disparar seus “canhões” contra ele por motivos religiosos. “O que me deixa triste é que o problema dele (Kfouri) não é profissional, mas porque ele não aceita minha religião”, disse Kaká.

“Mas não abri bateria alguma contra ele, provavelmente mal assessorado, tanto que o considerei o melhor em campo no jogo contra Costa do Marfim”, rebateu o jornalista.

Kfouri ressaltou que em sua coluna publicada ontem (21/06) na Folha, que motivou as declarações de Kaká, tratou sobre as dores no púbis que afetam o desempenho do jogador e podem levá-lo a encerrar sua carreira prematuramente.

“Mas, para quem não tem nada no púbis, como alegou, por que cogitar de tal hipótese (uma operação)? Talvez só Deus saiba. Como não acredito nele…”, escreveu Kfouri.

Fonte: Comunique-se

Nenhum comentário: