quinta-feira, 29 de abril de 2010

Time esclarece que Lula está entre os mais influentes

Lucas de Abreu Maia

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi eleito pela revista norte-americana "Time" um dos líderes mais influentes do mundo em 2010, ao lado de figuras como o colega norte-americano, Barack Obama. Embora o nome de Lula seja o primeiro da lista, a publicação afirma que isto não o qualifica como o líder mais influente, pois não se trata de um ranking. Em 2004, o presidente brasileiro já tinha figurado na relação - ocasião em que foi descrito como "a voz dos países em desenvolvimento".

A lista das cem pessoas mais influentes do mundo deste ano, divulgada hoje, é dividida em quatro categorias: líderes, heróis, artistas e pensadores. Lula divide o título com outros 25 líderes, de empresários a políticos. O perfil do brasileiro é assinado pelo documentarista Michael Moore. No texto - altamente elogioso -, ele descreve Lula como "um autêntico filho da classe trabalhadora latino-americana". "O que Lula quer para o Brasil é o que costumávamos chamar de o sonho americano", compara.

O perfil menciona a história de Lula, desde sua infância no Nordeste, "forçado a deixar a escola na quinta série para ajudar a família", até sua eleição em 2002, "quando, depois de três candidaturas fracassadas, já era uma figura conhecida na política brasileira". O texto questiona: "Mas o que o levou à política?". E responde: "Foi quando, aos 25 anos, assistiu sua mulher Maria morrer no oitavo mês de gravidez, junto com o bebê, porque não podiam pagar um atendimento médico decente".

Moore aproveita o perfil de Lula para criticar seu próprio país. "A grande ironia do governo Lula é que, enquanto tenta conduzir o Brasil ao primeiro mundo com programas sociais estatais, como o Fome Zero, os Estados Unidos se parecem cada vez mais com o antigo terceiro mundo."

Esta é a sétima lista do gênero divulgada pela "Time". A publicação de 2010 chega quando a aprovação do presidente brasileiro alcança os 84%, de acordo com a última pesquisa Ibope. A lista de líderes influentes inclui o presidente do FMI, Dominique Strauss-Kahn, a presidente da Câmara dos Deputados dos EUA, Nancy Pelosi, e a ex-governadora do Alasca e candidata a vice-presidente na chapa de John McCain, Sarah Palin , além dos primeiros-ministros japonês e palestino, Yukio Hatoyama e Salam Fayyad.

Outro brasileiro

O ex-prefeito de Curitiba Jaime Lerner também figura na lista, só que na categoria dos pensadores mais influentes do mundo. "Nos últimos 40 anos, Lerner deixou um magnífico legado de sustentabilidade urbana", escreveu o prefeito de Vancouver, Gregor Robertson, que traçou o perfil do brasileiro. Ele descreve o colega como um "pioneiro" do sistema de transporte público nas cidades - um modelo, segundo o texto, "agora usado em todo o mundo".

Outros nomes na mesma categoria incluem o presidente da Apple, Steve Jobs, os economistas Paul Volcker e Amartya Sen e a integrante da Suprema Corte norte-americana Sonia Sotomayor.

Fonte: O Estado de S. Paulo

+ O jornalismo e o erro de informação

Um comentário:

Bulamstife disse...

Assim como Lady gaga é influente para mim , acredito que lula seja para o mundo.