quarta-feira, 14 de abril de 2010

Religiões e cidades – Rio de Janeiro e São Paulo



Religiões e cidades – Rio de Janeiro e São Paulo, textos de doze autores e organização de Clara Mafra e Ronaldo de Almei­da. Os textos estão distribuídos entre três grandes tópicos: Circuitos e segmentações, Sagrado no tempo e no espaço metropolitano, e Usos e gestão do espaço público. Todos abordam a relação entre o sagrado e o urbano, e, completando uma impecável análise antropológica, também trazem informações detalhadas em tabelas, gráficos e mapas.

“A partir da década de 1990, as religiões se impuseram como tema relevante para quem estuda o urbano no país”, escrevem os organizadores, “pois, dentro de um leque amplo de recursos disponíveis, os habitantes das metrópoles tenderam a usar privilegiadamente os discursos e as práticas religiosas para se relacionar e expressar.”

O livro faz parte da Coleção Antropologia Hoje, iniciativa do NAU – Núcleo de An­tropologia Urbana da USP e da Editora Terceiro Nome com o propósito de divulgar ensaios, resultados de pesquisas, etnografias e propostas teórico-metodológicas da Antropologia voltados para a dinâmica cultural e os processos sociais contemporâ­neos.

Sobre os organizadores:
Clara Mafra é antropóloga, mestre pela Unicamp, doutora pelo Museu Nacional/UFRJ e pós-doutora pela Universidade de Aberdeen e Universidade da California San Die-go (UCSD). É professora da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) e pesquisadora do CNPq. Desde o doutorado vem trabalhando com o tema da antropo­logia das religiões, com especial interesse no pentecostalismo. Publicou Na posse da palavra: religião, conversão e liberdade pessoal (Imprensa de Ciências Sociais, 2002) e Os evangélicos (Jorge Zahar Editores, 2001).

Ronaldo de Almeida é antropólogo, mestre pela Unicamp, doutor pela USP e pós-dou­torado pela École de Hautes em Sciences Sociales (EHESS). Atualmente é professor de antropologia da Unicamp e pesquisador do Cebrap. Seus trabalhos concentram-se sobretudo na temática da religião no mundo contemporâneo. Publicou, em 2009, pela Terceiro Nome, o livro A Igreja Universal e seus demônios. Mais recentemente tem se dedicado também ao tema da pobreza urbana e da desigualdade social.

Nenhum comentário: