sexta-feira, 5 de março de 2010

Ateísmo destrói a Alma, diz Emir Kusturica


O famoso cineasta e músico sérvio, Emir Kusturica, criticou severamente a falta de espiritualidade do homem moderno, numa entrevista a um jornal russo.

Durante a conversa que manteve com um jornalista do jornal NG-Religii, Kustirica comparou a dependência da tecnologia moderna a uma forma de paganismo.

Os pagãos da alta-tecnologia invadiram o nosso mundo. Este paganismo não traz qualquer benefício à humanidade. Hoje em dia uma pessoa vive sob controle permanente da tecnologia, mas a grande diferença é que o homem moderno perdeu a sua orientação espiritual”, afirmou.

Kusturica lamentou o fato de a humanidade ter perdido a noção de ser criada à imagem de Deus e falou particularmente dos sérvios e dos russos, a maioria ds quais, afirma, abraçou esta forma de paganismo: “vivem com toda a sua tecnologia num vácuo espiritual”.

Kusturica, que goza de um enorme prestígio em todo o mundo, criticou ainda o ateísmo que “destrói a alma” transformando os homens em “mecanismos biológicos, consumindo produtos impostos por uma cultura de publicidade”.

Fonte: Rádio Renascença

Nenhum comentário: