quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

Campanha cristã critica política econômica do governo Lula

A Campanha da Fraternidade 2010, que leva discussões sobre economia para cerca de 50 mil comunidades cristãs, traz em seu texto-base críticas sobre a dívida interna do Brasil, as taxas de juros, a carga tributária, o sistema financeiro internacional e o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). A informação é do jornal Zero Hora.

Segundo o frade dominicano Carlos Josaphat, um dos objetivos do evento, que reúne a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), a Igreja Católica, a Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil, a Igreja Episcopal Anglicana do Brasil, a Igreja Presbiteriana Unida do Brasil e a Igreja Sírian Ortodoxa de Antioquia, é fazer com que os cristãos deixem de ser omissos sobre o uso das ferramentas de economia.

Fonte: Terra

Nenhum comentário: