terça-feira, 29 de dezembro de 2009

Rabinos de Israel condenam os abortos por atrasar a chegada do Messias

O rabino Shlomo Moshe Amar em foto de 2007

Os dois grandes rabinos de Israel se pronunciaram contra os abortos porque eles atrasam a 'redenção messiânica', informou nesta terça-feira o jornal on-line Y-Net.

Em uma carta enviada a todas as comunidades judaicas de Israel, o grande rabino ashkenazi Yona Metzger e o grande rabino sefardita Shlomo Amar denunciam "esta verdadeira epidemia, que custa a vida todos os anos de dezenas de milhares de judeus" e atrasa a vinda do Messias à Terra.

Cerca de 50.000 interrupções voluntárias de gestações são realizadas por ano em Israel, das quais 20.000 em condições ilegais, recordaram o líderes religiosos.

Fonte: AFP

Um comentário:

Estevão disse...

Quanta besteira meu Deus!!!

Temos que ter respeito pelos judeus, afinal de contas são nossos pais na fé. Mas eles vão infelizmente esperar sentado pela vindo do Messias.
O nosso já veio e estamos salvos mediante o seu sacrifício na cruz.
Pobres judeus